Destinos

Viagem para Amazônia: 3 motivos para conhecer a maior floresta tropical do mundo

Realizar uma viagem para a Amazônia é uma ótima aventura. Ela é a maior floresta tropical do mundo, com cerca de 7,4 milhões de km quadrados, dividida entre os países: Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e Venezuela.

A floresta ocupa cerca de 60% do território brasileiro, estando presente nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins.

A Amazônia é popularmente conhecida por ser o pulmão do mundo, afinal, o território abriga cerca de 7% da superfície total do planeta e possui cerca de 50% da biodiversidade mundial. No entanto, essa afirmação não é comprovada, a ideologia foi criada para afirmar que a Amazônia é extremamente vital para a humanidade.

A Floresta Amazônia carrega paisagens naturais incríveis, entregando ao visitante um sentimento de liberdade e aventura, regada de conhecimento e histórias.

Pensando nos encantos desta floresta, destacamos 3 motivos para você conhecer a Amazônia, confira:

Contato com a cultura indígena

Indígenas brasileiros tocando flauta de madeira em uma tribo indígena na Amazônia

A Floresta Amazônia é lar de centenas de tribos indígenas. Algumas dessas aldeias recebem a visita de turistas para compartilhar a cultura e histórias das suas etnias.

Nas visitas às tribos, os turistas presenciaram de perto a culinária, as danças, podem ver as ocas, realizar pinturas corporais tradicionais e muito mais.

A comunidade indígena da Amazônia criou o Centro Cultural dos Povos da Amazônia. Inaugurado em 21 de maio de 2007, o local possui o objetivo de valorizar e disseminar as informações sobre os países que fazem parte da Amazônia Continental, formada pela Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname, Venezuela e a Guiana Francesa.

O espaço abriga áreas para a realização de eventos e convenções, com salas que abrigam entre 36 a 250 pessoas e, além disso, o centro conta com o espaço externo, com capacidade para receber até 17 mil pessoas sentadas.

O complexo possui um acervo para pesquisas no Memorial e Biblioteca Mário Ypiranga Monteiro, com 15 mil volumes, e na Biblioteca Arthur Reis com cerca de 21 mil exemplares.

Durante a visita, o turista é conduzido por guias bilíngues pelas salas de exposições de fotografia, cultura dos povos tradicionais, obras de arte e cultura popular. E para completar o roteiro, o visitante pode conhecer o Museu do Homem do Norte (Munhoz), com um acervo de 4.116 peças.

A viagem para a Amazônia proporciona mais do que uma experiência, mas também o aprendizado e aproximação com a cultura de outras etnias. Este é um passeio que você não deve deixar de realizar.

Trilha durante viagem para Amazônia Trilhas no meio da floresta

Na viagem para a Amazônia, o visitante tem a oportunidade de realizar diversas atividades, entre elas, trilhas no meio da floresta. A imensidão verde, com rios e lagos, abriga caminhos surpreendentes, repletos de aventuras e histórias.

Pensando por um lado, ao observar a Floresta Amazônica, percebemos o quanto ela é gigante e repleta de espécies de plantas e animais diferentes, portanto, imaginamos que não seja um ambiente seguro para trilhas e caminhadas.

No entanto, o território Amazônico possibilita trilhas deste os níveis mais leves, até os mais desafiadores. Tem aventura para todos os estilos, com paisagens surpreendentes em todas elas.

O Parque Nacional do Jaú, Amazonas, foi criado em setembro de 1980, e é uma unidade de conversão federal com cerca de 2,3 milhões de hectares. O local fica entre os municípios de Novo Airão e Barcelos, no Baixo Rio Negro no estado no Amazonas.

Em Jaú é oferecido atrativos durante todo o ano, desde trilhas curtas até às de longo curso, tento a possibilidade de adentrar na Floresta Amazônica através do sistema de trilhas desenvolvida para atender os visitantes.

Um dos passeios mais procurados do parque é a Trilha Itaubal, que possui cerca de 3,5 km de extensão em formato circular, e está localizada próxima à comunidade de Seringalzinho, na margem do rio Jaú.

Quem opta pela Trilha Itaubal, tem a oportunidade de avistar diversas espécies da flora e fauna nativa, além de um refrescante banho na cachoeira do Itaubal. Esta caminhada é considerada de grau médio de dificuldade.

Ao visitar a floresta, é recomendado realizar a contratação de um guia para acompanhar o turista durante a aventura.

Bebidas e comidas típicas da Amazônia brasileira

 Prato de tacacáA diversidade da Floresta Amazônica é reflexo da sua culinária, afinal, toda matéria prima da gastronomia da região vem da fauna e da flora do local.

Para quem não está habituado com os alimentos amazônicos, experimentar os pratos da região pode despertar um sentimento de estar em outro Brasil, pois as características são diferentes das outras regiões brasileiras.

São utilizados ingredientes de diversos tipos, como, por exemplo: frutos da própria floresta com origens indígenas, folhas e temperos com sabores exóticos, que dão o toque único da Amazônia.

Alguns dos pratos, alimentos e bebidas amazônicas mais conhecidas são: pato no tucupi, tucupi, tacacá, jambu, tambaqui, pirarucu, tucumã, banana frita, tapioca, guaraná, castanha da Amazônia, cupuaçu, entre outros.

Viver a gastronomia amazônica é estar imerso na cultura da região, portanto, ao visitar o local, obtenha o máximo de experiências gastronômicas possíveis. Afinal, a Floresta Amazônia guarda sabores únicos.

Gostou do conteúdo?
Acesse o nosso blog e confira mais dicas de roteiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo